Espíritos Vampíricos




Assombrar a noite, para atacar os corpos  e drenar a "corrente sanguínea" dos seres humanos é um exercício que deve ser feito com maestria pelo Vampiro em ascenção. Citemos aqui uma passagem interessante  de Kenneth Grant, em sua obra "Cult of the shadows" (ainda sem tradução para português):

"Se a sombra é fortemente desenvolvida e está sob o controle do mago negro, ela pode ser projetada na aura de pessoas dormindo e obsediá-las com fantasias sexuais que podem levá-las à loucura e ao suicídio. E isso é projetado pelo vampiro que ao mesmo tempo que se alimenta e se nutre do corpo astral da vítima, usado para sombra se fortalecer. "

O autor então descreve várias doenças que poderiam prejudicar o vampiro, porque a energia astral é de uma natureza essencialmente sexual.

No entanto, há um erro básico aqui que separa o que ele descreve como vampirismo das praticas usadas pela Tempel de Azagthoth. Não estamos nos alimentando de aura.  Assim, os vários métodos de desfesa astral se tornam vazios porque eles são em grande parte apenas vibrações astrais criadas pela visualização der magos que supostamente querem impedir o ataque vampírico. A maioria desses métodos inclui algum tipo de neutralização da energia sexual durante os rituais. O mesmo ocorre no caso de alguns escritores modernos que formularam rituais cuja intenção é frustrar ataques vampiricos.

Em ambos os casos esta defesa envolve proclamações pomposas, limpezas e visualizações. Essas visualizações geralmente consistem em fazer a vítima imaginar sua aura crescer e se fortalecer para, em seguida, visualizá-la coberta de "agulhas astrais ", por exemplo. No entanto, é tolice pensar que algo tão simples como visualizar "agulhas astrais" poderia parar um vampiro de verdade que quer drená-los da essencia do seu sangue. Se entendermos isso como um mero exercício de poder dentro do astral, é óbvio que o Vampiro é mais forte que os magos humanos, ainda mais se forem magos humanos mediócres. Se entendermos isso como mera manipulação da energia astral, o Vampiro poderia facilmente transformar as "agulhas astrais" em "travesseiros astrais".

Entretanto, os métodos de limpeza às vezes podem fucionar para mandar embora espiritos fracos e desencarnados que gostam de parasitar pessoas a ambientes. Muitas vezes, esses espiritos nem mesmo foram vampiros em vida, ou se foram, eram muito fracos. O Vampiro forte que realmente quer entrar no quarto de uma vitima dormindo e drená-la, não fara diferença se a vitima colocou ou não ervas, sal, etc nas janelas do quarto. Na maior parte das vezes estas ervas e acessórios tem um efeito meramente psícológico para que as vítimas consigam dormir um pouco.




Invocação

 
  
Vem, ó Todo Poderoso, 
Adorável Corruptor! 
Belial, ó Caprichoso, 
Trazes agora o teu terror! 
Ante o altar da virulência 
Nos prostramos com fervor; 
Abençoa esta assistência, 
Ó Sublime Sedutor! 

  
Vem, contempla a grei fiel, 
Ó Senhor da Maldição! 
Erga o nosso bom Lusbel 
A bandeira do Dragão! 
Vem, Senhor da Enfermidade, 
Espalhar tua aflição! 
Senhor da Calamidades, 
Trazes a tua danação! 
  
Vem e desce neste altar 
Erigido em teu louvor! 
Consagrar este lugar, 
Vem, Satã, ó Perversor! 
Esclarece nossas mentes 
Concedendo mais furor! 
E sejamos todos crentes 
Sob a bênção do Senhor! 



Invocação a Lusbel

  
Guia-nos os passos Lusbel, 
Trazes-nos a felicidade 
E dá-nos a taça do fel, 
Mais doce que mel em verdade... 
Trazes o prazer do teu açoite, 
O gozo eterno do sofrer. 
Na tua força, pela noite, 
Dá-nos agora o padecer!... 
  
Guia-nos os passos Lusbel, 
Trazes-nos os bens dos infernos! 
Vê neste pobre menestrel 
O vigor dos versos eternos! 
Dá-nos o amor dos imortais 
Qual messe pela rebeldia! 
  
Guia-nos os passos Lusbel, 
Trazes-nos tua maldição! 
Fere com teu dardo cruel 
Meu corpo na depravação! 
No sofrimento, no amargor, 
Fere-nos com teu tridente... 
Deste castigo surge o amor... 
Trazes-nos o tu fogo ardente!... 

Hino a Satã


Satã, desperta e chama 
Humanos mais e mais, 
Tua vingança clama 
Por servos mais leais, 
Que levem tua fama 
Por todos os mortais, 
Ao mundo que se inflama 
Ao grito dos chacais... 
  
Permite que a desgraça, 
Que só te dá prazer, 
Na terra caia e faça 
Todo homem bom morrer; 
Que do cristão a raça 
Não mais venha a nascer: 
Fomenta-lhe a trapaça 
Fazendo a fé perder... 
  
Trazes uma paz mortiça, 
No coração cristão 
Aumenta mais cobiça 
E o torne num dragão... 
À grei cristã submissa 
Provoca-lhe à cisão, 
Negando-se ir à missa 
E esquecendo a oração... 
  
Este meu canto escuta, 
Ó meu Senhor das Trevas: 
Começa a tua luta 
Contra os tais filhos de Eva... 
Dá-lhes mais fé corrupta, 
A maldição primeva, 
Uma razão poluta 
Que só à desgraça leva!... 

• • •

Salmo a Satã 
  
Satã, me guarda pelo teu poder, 
Deste modo, valido com cuidado, 
As  hostes de Jesus hei de vencer 
Para mais aumentar o teu reinado. 
  
Trazes no mundo mais pesar e dor: 
Cada cristão se afunde em seu pecado, 
Que o torne mais perverso e malfeitor, 
Que se afaste do Cristo perdurado... 
  
É preciso, para a tua vitória, 
Que o filho de Deus seja rejeitado 
E domine no mundo a tua escória 
E o valor cristão seja eliminado... 
  
És do deus Supremo Rei Primaz, 
Desce à terra e conserva-te ao meu lado 
E fundarei um reino a Satanás, 
sem Deus, sem crença e sem amor frustado. 
  
Trazes a desgraça no mundo iludido, 
Pela religião prejudicado, 
Que prega a fé num Cristo fementido, 
Que prediz remissão ao desgraçado. 
  
Maldito seja o Deus mentiroso 
Que promete salvar o injustiçado 
Se aceitar um judeu abominoso, 
O funesto Jesus crucificado. 
  
É preciso acabar com a Trindade, 
Destruir a fé e todo o Apostolado!... 
É preciso elevar nossa maldade 
E conquistar o mundo e nosso fado... 
  
Combatamos o Filho de Maria 
E o Espírito de Deus tão execrado!... 
Acabemos com essa idolatria 
E adoremos Satã, o Mestre amado!... 


• • •


Pentacróstico 
  
Sempre solícito e adorável 
Amplidão de carinho e altor; 
Ternura e afago incomparável 
Atestam teu grande valor 
Na tua graça fascinável. 
  
Senhor do mundo e da matéria, 
Atende o cântico de amor: 
Todo o mal e toda a miséria 
Afasta de nós, por favor, 
No clarão da luz actinéria. 
  
Somos fiéis adoradores! 
Agora somos teus escravos, 
Também teus simples servidores... 
Ainda que pobres ignavos, 
Não temos mais outros senhores!... 
  
Sofram feroz perseguição 
Aqueles que querem honrar 
Trindade, Cristo e Salvação!... 
Ao rito maldito do altar 
Nunca ofereças teu perdão!... 
  
Sopra a aflição na humanidade, 
Atiça o mal, loucura e guerra, 
Trazes o rancor, a enfermidade, 
Afasta a fé de toda a Terra, 
Nega-lhe o bem, dá-lhe a maldade!... 


• • •

Cântico 
  
De Lúcifer eu vislumbrei 
As prédicas do vero amor, 
Que aponta a sua grande lei, 
Que salva qualquer pecador! 
  
Não tenho mais pecado algum, 
Por ter-me entregue a Satanás... 
Castigos, não tenho nenhum 
E vivo agora em boa paz... 
  
Desgraça alguma deste mundo 
Não me fere, não me desvia... 
Promessas de Jesus imundo 
Lancei-as longe sem porfia... 
  
Almejo a pureza do Inferno, 
Não quero aceitar mais Jesus: 
Desejo o poder sempiterno 
Que sempre me traz maior luz! 
  
Cantaremos o resplandecer 
Do Inferno e das Almas malditas, 
Que agora vão prevalecer 
As suas tardias vinditas! 
  
Cantaremos a grande vitória 
Do Báratro, o deus poderoso!... 
Satã, supremo deus da glória, 
Satã, o deus libidinoso!... 

• • •

Campeões 
  
Nós somos os campeões, 
Combatemos com fervor, 
Esmaguemos com tacões 
Todo o nosso opositor!... 
  
Combatemos o inimigo 
Nesta luta por Satã!... 
Não fugimos do perigo 
Elevando a fé pagã!... 
  
Aos combatentes vencidos 
Não concedamos perdão!... 
Só livramos convertidos 
Que veneram o Dragão!... 
  
Nós somos os campeões, 
Soldados do Rei do Mal!... 
Não tenhamos compaixões 
Dos que negam Belial!... 
  
Nós somos os campeões, 
Com Satã por general: 
Vençamos os intrujões 
Nesta batalha final!... 

• • •

A Bandeira 
  
Levantai a bandeira da dor! 
Alvorai o pendão da desgraça, 
Pois Satã desde mundo é o Senhor, 
A inspirar toda vida devassa! 
Potestades nefastas das noites! 
Infamantes espectros danados, 
Merecemos os vossos açoites 
A excitar todos atos malvados! 
  
(coro) 
levantai, levantai a bandeira! 
Alvorai, alvorai o pendão 
Que será para nós a maneira 
De louvarmos a atroz perdição! 
  
Levantai a bandeira da dor! 
Alvorai o pendão da desgraça, 
Pois Satã deste mundo é o Senhor 
A inspirar toda vida devassa! 
Potestades nefastas das noites! 
Infamantes espectros danados, 
Merecemos os vossos açoites 
A excitar todos atos malvados!... 
  
(coro) 
  
invocai a Falange do Mal! 
Implorai proteção dos Infernos 
Mais vingança ou desdita fatal, 
Danação ou castigos eternos! 
Concedei maldição aos humanos 
Que não querem gozar os pecados, 
Não sabendo os verazes arcanos 
Que redimem do mal os culpados! 
  
(coro) 

Satanismo - Sim, eu sigo essa Religião



Este é um dos principais e iniciais livros da O.N.A "Order of the Nine Angels"
uma tradição de Satanismo Tradicional. Quero aqui esclarecer que sou satanista sim, mas não do tipo tradicional, minha filosofia é a do Satanismo Moderno (LaVey)....

Apesar de não concordar com algumas partes de sua filosofia, as técnicas são adaptáveis... e os ritos podem ser estudados para a criação de rituais próprios de cada Satanista se quiser mantendo a essência do ritual. Não quero discutir aqui o aparecimento histórico da já mencionada ordem e do livro presente, uma vez que isso não cabe como discussão agora. Quero Agradecer á Lucyfera por sua tradução do Rito da Morte, na primeira parte do livro. Aproveitem Ágios Satanas...

O Livro Negro de Satan
De acordo com a tradição, cada Mestre que era responsável por um Templo
Satânico , tinha de ter consigo, uma cópia do Livro Negro de Satanás.
O Livro Negro contem os rituais Satânicos básicos, instruções relativas a magicka cerimonial em geral. Era o dever do Mestre manter esta caixa forte de livro, longe dos olhos dos não iniciados do Templo. Foram proibidas fazer cópias .

No Satanismo tradicional (i.e. esses que usam o Sistema de Septenario:) esta prática continuou bastante até recentemente quando o Mestre Principal que representa grupos tradicionais decidiu permitira copia livre deste trabalho. Esta decisão foi estendida para habilitar esta publicação especialista e uma edição limitada recentemente.
O texto inteiro do Livro Negro tradicional esta incluído neste trabalho presente, junto com vários capítulos adicionais, (por exemplo A Auto Iniciação Ego-iniciação; Organizando e Trabalhando em um Templo). Estes fazem deste presente trabalho um manual prático conciso para os seriamente interessado nas Artes da Escuridão.



Você acredita em espíritos assassinos?



Acreditar que espíritos podem reencarnar ou voltar por algum motivo pode ser algo bastante bizarro, não acha?
Você acredita em espíritos assassinos? Sabia que eles podem está ao seu lado sem ao menos você senti-los, ou mesmo percebê-los?Os espíritos são criaturas assassinas e retornam quando ainda não terminaram o que vieram fazer aqui na terra. Acredita-se que muitos demônios vêm para o nosso planeta em busca de achar um hospedeiro para fazer os mais variados tipos de abominações.Isso explicaria o fato de acontecerem assassinatos chocantes na sociedade levando a vida de vários inocentes. explicaria também o fato de existir pessoas ambiciosas, invejosas e psicóticas. Algumas vezes acontecimentos inexplicáveis são justificados por ações da sociedade ou condições propicias para o ocorrido. Mas não se deixe enganar! eles estão em toda parte e querem você!Sua vida! Sua chance de vencer! Eles são atraídos pelo medo, sangue, e , é claro, a escuridão.





A verdade sobre as bruxas





Não é em mestres, livros, cursos pagos ou sites que você encontrará a verdade. A verdade está única e exclusivamente dentro de você. Todos esses recursos citados podem lhe ajudar, e definitivamente você pode utilizá-los como recursos, mas nada substitui o que você tem aí dentro, que são os seus sentimentos e intuições.
Ninguém deve dizer a você o que fazer, o que dizer, o que é certo e o que é errado. Observe a natureza, que inclui você mesmo. O que você vê? O que você sente?
Qual a sensação que você tem quando o vento bate no seu rosto? Você conversa com os animais? Já ficou feliz de dançar na chuva? Já fez um pedido de olhos fechados e ele se realizou?
Isso não é Bruxaria, é apenas magia simples, que até crianças fazem e é maravilhoso. A Bruxaria é um ato consciente. É você fazer tudo isso acima, mas de forma consciente, sabendo porque está fazendo aquilo - tem uma INTENÇÃO.
Bruxaria não existe sem intenção. Nenhum tipo de feitiço funciona sem intenção.
E Bruxaria não é só a arte de fazer feitiço. A isso damos o nome de feitiçaria. E sim, as Bruxas são feiticeiras, mas nem toda feiticeira é uma Bruxa. E sabe por quê? Porque na bruxaria temos uma relação íntima com o sagrado - mas o que cada um vê como sagrado é problema seu.
Há Bruxas que são politeístas. Outras são simplesmente pagãs, sem denominações. Outras cultuam o casal divino. Simplesmente não importa o que é considerado sagrado - o que importa é que a Bruxaria é a arte de fazer feitiços sim, mas ligada à divindade. Não existe Bruxaria sem conexão com as divindades e desenvolvimento interior. Não existe Bruxa burra. Não existe Bruxa que faz uma coisa sem saber o que está fazendo. Se isso acontece, você não é uma Bruxa, as Bruxas simplesmente sabem, e fazem.


Número da Besta




O número da besta ou marca da besta, é, de acordo com a tradição cristã, o número correspondente ao sinal da besta. Na maioria das vezes aparece como 666, embora haja algumas variantes em que aparece como 616.

Os manuscritos gregos (na realidade cópias de um protótipo que, ainda que outros discutem a originalidade, foi escrito em hebraico) escrevem a frase como χξϛ´ (666 em forma numérica grega) ou algumas vezes ἑξακόσιοι ἑξήκοντα ἕξ ("seiscentos e sessenta e seis", por extenso).

O texto grego de Codex Alexandrinus do Novo testamento recita:

"Ὧδε ἡ σοφία ἐστίν• ὁ ἔχων νοῦν ψηφισάτω τὸν ἀριθμὸν τοῦ θηρίου, ἀριθμὸς γὰρ ἀνθρώπου ἐστίν• καὶ ὁ ἀριθμὸς αὐτοῦ ἑξακόσιοι ἑξήκοντα ἕξι."

"Hōde hē sophia estin; ho echōn noun psēphisatō ton arithmon tou thēriou, arithmos gar anthrōpou estin; kai ho arithmos autou hexakosioi hexēkonta hex."

Na Vulgata, ou Bíblia latina:

"Hic sapientia est. Qui habet intellectum, computet numerum bestiae. Numerus enfim hominis est, et numerus eius est sescenti sexaginta sex'."

A tradução da tal profecia para o português seria:

"E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na mão direita ou na testa, para que ninguém possa comprar ou vender , senão aqueles que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, porque é número de homem; e seu número é seiscentos e sessenta e seis."







SERVOS DO MISTICISMO NEGRO

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...