Crianças Sádicas





Milhares de assassinatos ocorrem todos os dias mundo afora. Será que nos acostumamos a conviver em um mundo tão violento e cruel? Ainda não. Leia com atenção os crimes pertubadores cometidos por essas “crianças”.
PRIMEIRO CASO
12 de fevereiro de 1993, Liverpool – Inglaterra.
Assassinos: Jon Venables e Robert Thompson (11 anos)
Vítima: James Bulger (2 anos)
Jon Venables e Robert Thompson passaram o dia todo cometendo pequenos roubos dentro de um shopping. Encontraram o pequeno James sozinho num momento de descuido da sua mãe e o sequestraram.
Momento do sequestro. Jon segurando a mão do garoto e Robert mais a frente.
Caminharam com o garoto por um longo tempo. O agrediram algumas vezes pelo caminho até chegarem a uma área isolada perto de uma
linha de trem. Ao chegar no local, agrediram James Bulger com pedradas, chutes e tijoladas na cabeça. Não satisfeitos tiraram as calças e sapatos do garoto e o espancaram até a morte com uma barra de ferro. Para finalizar, colocaram o corpo sobre a linha de trem e só saíram do lugar quando um trem passou por cima do menino.
Os dois criminosos mirins foram condenados a 250 anos de prisão cada um. Porém, nodia 22 de junho de 2001 os dois assassinos foram libertados graças a ajuda da Corte Européia dos Direitos Humanos que alegou injustiça no julgamento dos garotos.

SEGUNDO CASO
Inglaterra
Assassina: Mary Bell (10 anos)
Vítimas: Brian Howe (4 anos) e Martin Brown (3 anos)
Mãe de Martin Brown e a foto do seu filho.
Mary Bell pode ser considerada a primeira criança seria killer do mundo. A sua primeira vítima foi Martin Brown. O garoto de três anos foi estrangulado e jogado do andar superior de uma casa abandonada no dia 25 de maio de 1968. O crime deu mais confiança a Mary e a fez libertar cada vez mais sua personalidade assassina.
Não satisfeita, dois meses depois da primeira vítima, a menina matou Brian Howe de quatro anos em uma área perto de uma linha de trem onde crianças costumavam brincar em meio a carros abandonados. Mary foi tão fria durante o ato que após estrangular e perfurar as coxas e genitais do pequeno Brian ainda teve a calma de perfurar um M na sua barriga.
Mary Bell foi sentenciada a prisão por tempo indeterminado e foi liberada em 1980 com 23 anos.
Foto tirada no dia em que Mary Bell foi presa.
TERCEIRO CASO
23 de março de 1944 – Carolina do Sul, Estados Unidos
Assassino: George Juniu Stinney Jr.  (14 anos)
Vítimas: Betty Junne Binnicker (11 anos) e Mary Emma Thames (8 anos)
As duas garotas brincavam de catar flores quando George que morava por perto as encontrou. O garoto tentou abusar sexualmente de Betty, mas não conseguia porque Mary Emma o estava atrapalhando. Foi então que o meliante decidiu matar a mais nova. Uma garota tentou proteger a outra e terminou que George matou as duas com uma barra de ferro e jogou os corpos em um buraco. As garotas foram encontradas com os crânios quebrados em cinco partes.
Ele foi senteciado a pena de morte na cadeira elétrica. Sua execução aconteceu no dia 16 de junho de 1944, tornando-se assim a pessoa mais jovem a ser executada nos Estados Unidos da América.
QUARTO CASO
2 de agosto de 2004 – Geórgia, Estados Unidos
Assassinas: Sandra Ketchum (16 anos) e Holy Harvey (15 anos).
Vítimas: Sarah Collier (73 anos) e Carl Collier (74 anos)
Holly Harvey morava com seus avós Sarah e Carl. Os dois consideravam obrigação da neta ir a igreja e a proibiram de encontrar-se com a sua namorada Sandra.
As duas psicopatas tiveram a frieza de elaborar um plano completo de como matar o casal de idosos e roubar seus bens. No dia do crime, começaram a fumar maconha no porão para atrair a atenção dos avós de Holly. Infelizmente, os dois caíram na armadilha e foram esfaqueados pela neta e sua namorada lésbica. Sarah levou vinte facadas nas costas e peito e Carl 15 no peito e pescoço.
Holly e Sandra foram condenadas a prisão perpétua em 14 de abril de 2005.

Postagens mais visitadas deste blog

Vampiros e Lobisomens - A origem das raças obscuras

Como descobrir se você é um Lobisomem?

Voduísmo - Descubra como acabar com seu inimigo!